CAEPF alcança a marca de 300 mil inscritos

O Cadastro de Atividade Econômica da Pessoa Física (CAEPF), em produção de forma obrigatória desde o dia 15 de janeiro de 2019, alcançou a marca de 300 mil inscritos.

Desse total 255 mil são Contribuintes Individuais e o restante são Segurados Especiais, conforme enquadramento na legislação tributária.

A implementação do acesso ao cadastro por meio do Portal do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial), além do e-CAC, facilitou a inscrição para interessados no Cadastro, principalmente, para os Segurados Especiais que normalmente não possuem certificado digital e não conseguem gerar código de acesso no e-CAC.

Valendo 3 pontos no EPC, CRCPR realiza palestra sobre EFD-REINF

No dia 28 de fevereiro pela manhã, o Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRCPR) realizará a palestra EFD- REINF (Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Informações Fiscais). A palestra valerá 3 pontos no Programa de Educação Profissional Continuada (EPC) do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e será ministrada por Marcus Salustiano, contador e auditor fiscal da Receita Federal do Brasil (RFB), sustentador do eSocial e da EFD-Reinf na 9ª Região Fiscal da RFB (Paraná e Santa Catarina).

O evento abordará a obrigação simultânea do EFD-Reinf e eSocial; pontos de atenção e cuidados iniciais; ambientes de produção; prestação da informações; formato dos arquivos; eventos de tabelas, periódicos, não periódicos, de fechamento e controle; ligação com a nova DCTFWEB; cronograma de implantação; e Simples Nacional – início da obrigatoriedade da para empresas do Simples Nacional x Lucro Presumido.

Atualização do Código de Ética do profissional da contabilidade é publicado no DOU

A atualização do Código de Ética do Profissional da Contabilidade foi publicado nesta quinta-feira (14), no Diário Oficial da União. Segundo o presidente do CFC, Zulmir Breda, entre os principais objetivos, a atualização busca combater a mercantilização da profissão contábil. “Queremos combater a publicidade que deprecie e desmereça a atuação do profissional da contabilidade. Em qualquer modalidade ou veículo de comunicação, dos serviços contábeis, ela deve primar pela sua natureza técnica e científica, sendo vedada a prática da mercantilização”, disse.

No dia 7 de fevereiro, o texto foi aprovado pelo plenário do Conselho Federal de Contabilidade. As alterações foram realizadas por uma comissão, criada em 2017, que, em 2018, avaliou mais de 100 sugestões enviadas pela classe contábil, fruto de audiência pública promovida em fevereiro do ano passado.

Biblioteca do CFC disponibiliza títulos para consulta on-line

Especializada na área contábil, a Biblioteca do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) disponibiliza, além de seu tradicional acervo físico, um acervo digital com mais de 9.500 livros, trabalhos e artigos para acesso eletrônico. Por meio da base de dados da Biblioteca do CFC, os usuários poderão ter acesso, na íntegra, ao conteúdo de obras (artigos, livros e etc.), muitos deles publicados por periódicos especializados, como a Revista Brasileira de Contabilidade (RBC), a Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), a Revista Pensar Contábil, a Abracicon Saber, revistas de Instituições de Ensino Superior, entre outras.

Desde a sua modernização, a Biblioteca do CFC conta com um novo software de gestão que possibilita que os usuários acessem, via internet, o conteúdo digital, pesquisem na base de dados, reservem livros e renovem empréstimos. Possibilita, também, o envio de sugestões para aquisição de material informacional. Também é possível a localização de referências bibliográficas, resumos e, em alguns casos, texto integral de documentos sobre o assunto pesquisado, sejam livros, artigos de periódicos, teses, normas técnicas, anais de eventos, legislação e outros materiais bibliográficos.

CFC institui comissão para acompanhar as mudanças tecnológicas e sua influência na profissão contábil

Atentos aos avanços tecnológicos e ao aumento do desenvolvimento das pesquisas nas áreas de tecnologia e do uso de novas ferramentas digitais pelos profissionais da contabilidade, o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) oficializou, nesta sexta-feira (8), a constituição de sua Comissão Permanente de Ciência e Tecnologia.

Os trabalhos terão por objetivo o acompanhamento das mudanças tecnológicas e de sua influência na carreira contábil, buscando analisar e tratar os impactos da inteligência artificial e vislumbrar horizontes para a profissão. Também está no escopo do trabalho da Comissão a promoção de discussões sobre a necessidade de regulamentação específica do uso de novas tecnologias pelos profissionais, sob a perspectiva da ética, da inovação e do mercado de trabalho.