Empresas relatam dificuldades e despreparo na implantação do eSocial

Empresas que já começaram a usar o eSocial, sistema que reúne dados do setor privado enviados ao governo, relatam dificuldades em atender as exigências do programa. Para não deixar de cumprir prazos, alguns contadores e administradores de condomínio contrataram funcionários e reforçaram os investimentos em TI e recursos humanos. Procurada, a Receita Federal informou ao G1 que está tomando providências e que, por enquanto, não está aplicando multas.

O eSocial é uma ferramenta que reúne os dados trabalhistas, fiscais, previdenciários das empresas em uma só plataforma. Ainda em implantação, o sistema está sendo adotado aos poucos, antes de passar a ser obrigatório para os 18 milhões de empregadores do país. Antes, somente patrões de empregados domésticos eram obrigados a usar o eSocial.

ITR 2018, o prazo inicia nesta segunda-feira, 13

O prazo para a entrega da declaração do ITR 2018, começa nesta segunda-feira, dia 13, e finaliza no dia 28 de setembro. A partir de agora o cadastro ambiental rural poderá ser utilizado como comprovação adicional de áreas não tributáveis. Confira em nosso post de hoje algumas dicas sobre a DITR 2018.

Fica obrigada a apresentar a DITR (Declaração do Imposto sobre a Propriedade Rural) toda pessoa física e/ou jurídica que, em relação ao imóvel rural a ser declarado seja, na data da entrega da declaração: proprietária ou possuidora, condômina, expropriada entre 1º janeiro de 2017 e a data da apresentação da declaração, inventariante, compossuidora, etc., independentemente de estar imune ou isenta do ITR 2018.

Entenda o papel do CFC no âmbito contábil

Todo profissional da área contábil certamente conhece o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), órgão criado há mais de setenta anos para fiscalizar o exercício da profissão e mantê-la crível. Porém, é importante destacarmos que esta instituição não existe apenas para avaliar os contabilistas e puni-los em caso de infrações, mas também para buscar melhorias à profissão e aprimorar o mercado de trabalho cada vez mais disputado entre os profissionais.

Para Zulmir Ivânio Breda, presidente do Conselho Federal no biênio 2018/19, o órgão busca, “em primeiro lugar, primar pela excelência na gestão do CFC, preservando sua credibilidade e respeitabilidade como órgão de classe responsável pela regulação da profissão e pela emissão de normas contábeis técnicas e profissionais”. Porém, destaca que, “em segundo lugar, mas não menos importante, tem como tarefa vislumbrar o cenário da profissão para o futuro e preparar o caminho para que a classe alcance um patamar cada vez mais importante no mercado, tanto no setor privado quanto no segmento público e no Terceiro Setor”.

SESCAP-PR e Sincovel discutem tributação dos escritórios de contabilidade

A comissão criada pelo SESCAP-PR e Sincovel, que discute novas propostas de alíquota do Imposto Sobre Serviços (ISS-Fixo) das empresas contábeis em Cascavel, se reuniu nesta segunda-feira, dia 6, para tratar da tributação dos escritórios de contabilidade e finalizar o um estudo que comprova que o município terá aumento na arrecadação se adotar as mudanças sugeridas pelas duas entidades.

Os ajustes finais da proposta foram discutidos com secretário de Finanças do município, Renato Cesar Segalla, e com Marcelo Omar Rodrigues, diretor de Receitas, durante reunião ocorrida na segunda-feira, dia 6. Agora, o documento será protocolado na Prefeitura, para os encaminhamentos necessários visando à revogação do decreto atual e a edição de um novo decreto. As entidades estão propondo uma nova tabela de tributação para os escritórios de contabilidade, com o objetivo de fazer justiça fiscal, de acordo com o porte de cada empresa. O estudo tomou por base a Lei Complementar 126/2006 que prevê que apenas os escritórios contábeis possam continuar a pagar o ISSQN fixo e não pelo Simples.

PGFN substituirá sistema de atendimento ao contribuinte

Na segunda-feira (13), o Centro de Atendimento Virtual ao Contribuinte da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), o e-CAC PGFN, será substituído pelo REGULARIZE.

A nova plataforma terá formato responsivo — que se adapta aos tamanhos de tela de aparelhos eletrônicos — e contará com uma Caixa de Mensagens onde contribuintes cadastrados receberão notificações da PGFN.