ISS Fixo volta à pauta na Câmara Municipal de Cascavel

O anteprojeto de Lei Complementar nº 09 de 2018, que trata do recolhimento do Imposto Sobre Serviço (ISS) fixo e que seria votado na Câmara de Vereadores de Cascavel nesta segunda-feira, 11, foi retirado da pauta e tem previsão de votação no início de março. Antes disso, representantes de entidades contábeis se reunirão com os vereadores locais para esclarecer as principais dúvidas sobre o tema.

As discussões acerca do anteprojeto se arrastam há meses e são acompanhadas de perto por uma comissão de trabalho formada por representantes de entidades contábeis. O vice-presidente do SESCAP-PR, Michel Lopes, e o diretor regional Diego Paim fazem parte do grupo que negocia com o Executivo municipal em busca de mudanças na cobrança do ISS na modalidade fixa para as sociedades profissionais, previstas no Decreto nº 14.009/2018. “Em virtude dos questionamentos e dúvidas que ainda existem para os vereadores locais, sugerimos que retirassem o projeto da pauta para que possamos aprofundar as discussões a respeito do assunto”, explicou Lopes. A reunião foi agendada para o próximo dia 19 de fevereiro.

Participação

Reuniram-se com o vereador Sidnei Mazutti, o presidente do Sindicato dos Contabilistas de Cascavel (Sincovel), Jeferson Bonfim; o vice-presidente do SESCAP-PR, Michel Lopes; o ex-presidente do Sincovel, Juarez Paim; o diretor regional do SESCAP-PR, Diego Paim Bottcher; o diretor financeiro do Instituto Décio Mertz (IDM), Admilton Stein; além do delegado do Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRCPR), Jovane dos Santos Borges.

Fonte: Sescap-PR