A importância do Sistema CFC/CRCs

Orientar, normatizar e fiscalizar estão entre os principais objetivos dos conselhos que regem as profissões regulamentadas no Brasil. Na Contabilidade, o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e os Conselhos Regionais foram criados pelo Decreto-Lei nº 9.295, de 27 de maio de 1946.

Autarquia Especial Corporativa, dotada de personalidade jurídica de direito público, o CFC possui estrutura, organização e funcionamento regulamentados pela Resolução nº 1.370, de 8 de dezembro de 2011, que aprova o Regulamento Geral dos Conselhos de Contabilidade. Mas, na prática, o que isso quer dizer?

Jucepar implanta robô para agilizar atendimento

A Junta Comercial do Paraná inovou no jeito de atender seus clientes. No último dia 14, a Jucepar implantou um robô que soluciona as dúvidas dos usuários através de um chat, localizado no site da Junta. O atendimento é instantâneo e está disponível 24 horas por dia. Os internautas podem receber assistência sobre diversos assuntos, entre eles, Empresa Fácil, Tabela de Prazos da Jucepar, RedeSim e abertura e baixas de empresas.

Para chegar a este modelo de atendimento, a Junta Comercial contratou a Celepar e, após muita pesquisa, encontraram o modelo ideal: a robô Ju, que atende de forma rápida, simples e fácil. Com apenas alguns cliques, é possível repassar para a Ju o problema que precisa ser resolvido. Em alguns casos, a solução vem em poucos minutos. Mas quando não é possível atender a solicitação na hora, a robô encaminha todas as informações para uma pessoa responsável, que dará sequência ao atendimento. Desde a implantação do chat, 70 solicitações já foram resolvidas e 100 estão em execução.

Projeto de lei especifica atividades com direito a redução do ISS em Curitiba

Na semana passada, a Prefeitura Municipal de Curitiba enviou à Câmara de Vereadores um projeto de lei que busca esclarecer quais serviços têm direito a redução na alíquota do Imposto Sobre Serviços (ISS). No fim do ano passado, os parlamentares aprovaram uma proposta do Executivo municipal que previa mudanças na cobrança do imposto, entre elas a redução de 5% para 2% da alíquota cobrada para feiras, exposições, congressos, shows e eventos. Porém, houve dúvidas relativas à inclusão do termo “eventos” no texto da nova regra.

Na lei n° 116, de 2003, que estabelece diretrizes para a cobrança do ISS em âmbito nacional, há uma lista dos serviços para os quais o tributo deve ser aplicado – e, nela, a palavra “eventos” não é mencionada. Além disto, a palavra não fazia parte do projeto enviado pela prefeitura à Câmara de Vereadores e foi acrescentada por uma emenda parlamentar.

Comissão aprova incentivo fiscal para microempresa que patrocinar esporte

A Comissão do Esporte aprovou o Projeto de Lei Complementar (PLP) 452/17, do deputado Flaviano Melo (MDB-AC), que permite às microempresas e empresas de pequeno porte abater até 4% do Imposto de Renda (IR) devido com patrocínio ou doação a projetos desportivos e paradesportivos.

A proposta altera o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (Lei Complementar 123/06) e recebeu parecer favorável do relator, deputado André Figueiredo (PDT-CE).

Empossada a nova diretoria do SESCAP-PR e do IESCAP

A nova diretoria do SESCAP-PR e do Instituto SESCAP-PR (IESCAP) para a gestão 2018/2022 foi empossada na noite desta sexta-feira, 18, em solenidade realizada na Sociedade Hípica, em Curitiba. O empresário contábil Alceu Dal Bosco assumiu a presidência das entidades, sucedendo Mauro Cesar Kalinke. O evento foi prestigiado por autoridades empresariais e políticas e representantes de entidades parcerias.

A solenidade contemplou a leitura do Termo de Compromisso pelo presidente eleito e os novos diretores, além da assinatura do Termo de Posse, que foi entregue a Dal Bosco pelo presidente da Fenacon, Mário Elmir Berti.